A participação pública online aparenta ser aleatória, supérflua e imprevisível, mas um olhar mais atento permite desconstruir categorias e padrões que não só explicam os novos mecanismos permitidos pela Web como apontam novas possibilidades para a participação nas organizações. Usando o método da teoria fundamentada nos dados de Strauss e Glaser (1969), foi realizada uma análise comparativa a vários mecanismos de participação pública na internet. O estudo mostrou que a credibilidade, motivação e acesso são centrais para a morfologia e sucesso dos novos movimentos sociais e propõe uma base estruturada para a discussão das organizações sociais espontâneas virtuais.

Online public participation seems to be random, superfluous and unpredictable. However, a more thorough look allows us to deconstruct categories and patterns that, not only explain the new mechanisms allowed by the Web, but also aim at new possibilities for participation in organizations. A comparative analysis was applied to several public participation mechanisms in the internet using Strauss and Glaser’s grounded theory method. The study showed that credibility, motivation and access are central to the morphology and success of new social movements. It also proposes a structured foundation for discussing virtual spontaneous social organizations.

Additional Metadata
Keywords Participação, teoria, acesso, credibilidade, motivação, Participation, theory, access, credibility, motivation
Persistent URL dx.doi.org/10.15847/obsOBS722013654, hdl.handle.net/1765/111818
Journal (OBS*) Observatorio
Citation
Ferreira Gonçalves, J.F. (2013). Teoria da Participação Pública na Internet. (OBS*) Observatorio, 7(2), 139–160. doi:10.15847/obsOBS722013654