O presente estudo propõe o uso dos comentários dos leitores como objeto para medir os fenómenos de agenda-setting. A análise de frequência de palavras é o método escolhido para operacionalizar a avaliação do agenda-setting. O método proposto foi testado numa amostra de 741 artigos e 52.064 comentários do jornal Expresso, que englobam um período de cinco semanas entre 4 de setembro e 10 de outubro de 2015. A análise de frequência de palavras permitiu não só avaliar quais os temas abordados pelo jornal que mais ecoaram nos comentários, mas também estudar o processo inverso, ou seja, quais os temas abordados pelos comentadores que foram sub-representados nas notícias.

Additional Metadata
Keywords Agenda-setting, comentários dos leitores, frequência de palavras, eleições legislativas
ISBN 978-989-8600-65-3
Persistent URL hdl.handle.net/1765/115789
Citation
Ferreira Gonçalves, J.F, Pereira, S, & Torres da Silva, M. (2017). Medir o agenda-setting nos comentários dos leitores às eleições legislativas de 2015. In Arte, Políticas e Práticas. V Jornadas Doutorais Comunicação e Estudos Culturais. Retrieved from http://hdl.handle.net/1765/115789